Operação 'Tanque cheio' investiga indícios de fraude em licitações da gestão de Chico Alfaia, em Óbidos

Fraudes teriam ocorrido de 2017 a 2020. Polícia Civil busca documentos e informações.
Prefeitura de Óbidos é alvo da operação "Tanque Cheio" deflagrada pela Polícia Civil — Foto: Reprodução/Portal Obidense

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (11) em Óbidos, oeste do Pará, operação "Tanque Cheio" que investiga indícios de fraudes em licitações realizadas na gestão do ex-prefeito Francisco José Alfaia de Barros (PL), no período de 2017 a 2020.

Equipes de policiais chegaram à Prefeitura de Óbidos bem antes do início do expediente desta quarta, por volta das 06h, em busca de documentos e informações que ajudem a esclarecer suspeitas de um esquema fraudulento na licitação de combustível.

A Prefeitura de Óbidos se manifestou por meio de nota, logo que tomou conhecimento da operação. Veja abaixo:

"A Prefeitura de Óbidos comunica a população que desde às primeiras horas do dia, quando entrou em andamento a operação “Tanque Cheio”, que apura indícios de fraude em licitação na gestão do ex-prefeito Francisco José Alfaia de Barros (PL) entre os anos de 2017 a 2020, está contribuindo com o repasse das informações, dados e documentos.

Na sede da Prefeitura e Secretarias Municipais os servidores seguem com as rotinas administrativas em horário de expediente normal, enquanto o Setor Jurídico, Administração e Finanças da PMO dão suporte às equipes da Polícia Civil no acompanhamento, busca e apreensão de arquivos referentes ao período acima citado."

De acordo com a Prefeitura, a operação é fruto de uma representação do Ministério Público do Estado (MPPA), que apura por meio de inquérito as suspeitas de participação de funcionários da PMO em um possível esquema de desvio de combustível na gestão passada.

O g1 tenta contato com o ex-prefeito Chico Alfaia.

Fonte :G1 Santarém 

0 Comentários